Buscar
  • Suzana Domingues

Inovação e Governança, por que esses temas estão interligados?

Atualizado: 1 de ago.

Suzana Marques Domingues


As práticas de ESG (sigla para Environmental, Social and Governance) têm sido bastante comentadas e incluídas nas pautas das empresas nesses últimos anos, mas ainda há um longo caminho a percorrer para serem incorporadas de fato na sua estratégia. Segundo a pesquisa realizada com 167 empresas de capital aberto pela Grant Thornton Brasil, a XP Inc. e a Fundação Dom Cabral sobre o tema, 75% das entrevistadas consideram ESG como prioridade, mas apenas 14% levam em conta esses aspectos na tomada de decisão. Os principais benefícios relatados com a agenda ESG foram 17% para valorização da marca, 15% para melhorar a reputação, 13% para reduzir riscos e 10% para atração de talentos.


Mas, falando especificamente em Governança, por que esse tema deve estar incluído quando tratamos de Inovação?


A palavra governança traz a ideia de regulação, controle, estrutura, acompanhamento. Sim, a governança envolve práticas, processos, regras e comportamentos bem estabelecidos, promovendo uma estrutura sólida para as empresas crescerem de forma transparente e organizada em suas ações internas e externas para reduzir os riscos na gestão e, consequentemente, no resultado das companhias.

Até aí tudo coerente, mas juntar estes conceitos com a Inovação, que inspira criatividade, tentativas e erros, riscos e velocidade soa dissonante. Talvez aí esteja a beleza da parceria!


Organizações com boas práticas de governança podem também proporcionar ambientes de criatividade e intraempreendedorismo, fortalecer a cultura organizacional com seus valores, princípios e direcionadores de propósito que servem muito bem à inovação e algumas empresas já estão se dando conta disso.



Colocar o cliente como centro das ações, com respeito e atenção faz parte dos

objetivos da inovação e da governança, e é traduzida na imagem da empresa

perante seus clientes, fornecedores e acionistas. Além disso, temos que

considerar que inovação requer investimento e estar em compliance em todos

aspectos da governança traz o interesse de investidores e fontes de subsídios.

É fácil perceber a importância da transversalidade da governança na empresa,

em seus departamentos, em seus colaboradores e em sua liderança. Então,

não poderia ser diferente com a inovação.

Quando falamos na inovação que acontece apenas dentro da empresa, os

processos de governança já estão mapeados e acompanhados. Mas, quando

falamos na inovação aberta, onde temos diversos atores participando do

ecossistema? Certamente é quando a governança é ainda mais importante,

porque direciona e integra as ações de gestão que vão ser realizadas entre

esses novos parceiros para que todos estejam de acordo com as diretrizes,

valores, propósitos e cultura da empresa. São os novos desafios da

governança, onde participantes independentes são interdependentes do

ecossistema que estão inseridos. Os direcionadores da inovação aberta devem

estar integrados na estratégia corporativa e os processos de governança

devem ser pensados de forma mais abrangente para incluir estes novos atores.

Portanto, a empresa que está desenhando ou pensando em iniciar o seu

processo de inovação aberta deve ter a governança como parte desse

processo. O escopo deverá ser pensado a partir da estratégia a ser utilizada,

podendo integrar participantes como startups, centros de pesquisa externos,

fornecedores, clientes, governo e concorrentes. Os papeis devem estar claros

para cada agente de inovação externa, bem como as formas de trabalho

integradas aos conceitos e diretrizes de inovação da empresa. Entre os temas

de governança não deve faltar como serão tomadas as decisões e os

compromissos que cada parte deve ter nesta relação. Porém, devem ser

incluídas às práticas dessa governança a flexibilidade, adaptação e dinâmica

para lidar com os ecossistemas e organizações de forma colaborativa.

Concluindo, a inovação e a governança devem estar em total integração para

permitir que as novas ideias floresçam em terreno fértil e sólido.

E você, e sua empresa? Estão preparados para utilizar inovação e governança

em seu maior potencial?

Se você se interessou pelo assunto e quer saber mais, participe e conecte-se

com a gente. Podemos trocar ideias e te ajudar a dar o primeiro passo!

https://www.dmspartners.com.br/transforma


https://www.dmspartners.com.br

DMS Transforma


90 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo