OTIMIZAÇÃO DO REUSO DE ÁGUAS INDUSTRIAIS

INSIGHT_otimizacao_de_reuso.jpg

PROJETO DE OTIMIZAÇÃO DO REUSO DE ÁGUAS INDUSTRIAIS;

GANHOS ECONÔMICOS, ESTRATÉGICOS, SOCIAIS E AMBIENTAIS.


Negócio


Reaproveitamento e consequente redução do consumo de água e da geração de efluentes contaminados em uma indústria de fundição:

  • Econômico: redução de custo de produção, com payback de curto prazo;

  • Estratégico: reduzir a vulnerabilidade do fornecimento de insumo vital de água, criando circuito próprio para reaproveitamento do bem – cada vez mais escasso, sujeito à variações sazonais, políticas públicas, infraestrutura e aumento populacional;

  • Ambiental e Social: reduzir a concorrência do consumo deste bem nobre e caro, destinando-o principalmente para o consumo humano e melhorando a qualidade dos efluentes, devolvendo-os à rede de coleta com qualidade de água limpa;


Projeto:

  • Criar separação das tubulações de distribuição de água potável para uso exclusivo humano lavatórios, chuveiros, bebedouros, fornecida pela Cia de Águas, Sabesp;

  • Construir novo sistema, separado para as águas industriais, substituindo a água da Sabesp pela captação em poços artesianos, águas pluviais, reuso e águas servidas.


Desenvolvimento


Subdividimos a rede existente de distribuição de água em duas: a de água potável e outra de águas industriais. 
 

A rede de coleta de águas pluviais foi integrada à rede de águas industriais. Nela instalamos uma comporta automática que só abre e canaliza o fluxo para a rede pública, quando há picos torrenciais de chuvas que podem causar potencial transbordamento.


Junto a essa comporta construímos um poço de recalque com sistema de separação água-óleo para bombear toda a água captada naquele ponto para tanques pulmão e de decantação. Destes tanques, a água tratada é bombeada para a caixa superior e retorna à rede de distribuição de água industrial. Esse sistema fechado de águas industriais é diariamente monitorado pelo laboratório de qualidade garantindo sempre água de qualidade, e até pode ser descartada conforme prescrição NBR competente. 


Para remover a sujeira do sistema, junto aos tanques pulmão instalamos filtros de areia. A retro lavagem dos filtros é despejada em tanques de secagem de lama. Após decantação, a água volta ao sistema. A lama é secada por vapores filtrados da fundição. A lama seca incorporada às cinzas da fundição, é vendida para indústria que fabrica micronutrientes.


As águas servidas passam por um sistema de tratamento e, após cloração, reaproveitadas na rede de águas industriais. 


Entregáveis

  • Os trabalhos, executados dentro de planejamento com cronograma detalhado permitiram executar os serviços sem a paralisação da fábrica;

  • Projeto concluído no prazo de 8 meses;

  • A vazão máxima especificada atingiu 150 m³/hora, superior à demanda da indústria. 

 

Resultados 

Econômico/ operacional: A solução de engenharia implementada:

  • Eliminou despesas no consumo de água e geração de efluentes, gerando economia de R$ 88.000,00 p/mês;

  • Reduziu R$1,05 milhão/ano o custo operacional;

  • Payback de 9 meses.

 

Estratégico:

  • Redução da dependência de insumo industrial vital. A água, bem finito, enfrenta dificuldades crescentes; fornecimento, racionamento, preços, qualidade;

  • O projeto reduziu a vulnerabilidade deste bem, se antecipando à possíveis quebras no fornecimento, dependência de verbas e políticas públicas, sazonalidade ambiental;

  • Aumentou a competitividade da empresa gerando flexibilidade operacional;

  • Reduziu quase a zero durante a época de chuvas, dez/abr, as enchentes nas ruas do entorno, que dificultavam e impediam o acesso de insumos, saída de produção e circulação segura de colaboradores;

 

Social:

  • A implantação reduziu o consumo mensal de água na indústria em 108 mil m³, suficientes para abastecer 5.000 residências/mês, ou uma cidade de 15.000 habitantes.

  • Destinando água poupada para uso humano, mais nobre, reduz pressão em investimento público, infraestrutura de captação e distribuição de água, buscada em locais cada vez mais longínquos.

  • Piscinão: O Sistema de Águas Industriais com reuso, captação, comportas, poços de recalque e “pulmões” de 3 milhões de litros. Regula água para o sistema pluvial público, sobrecarregado nas chuvas. Melhorou acessos e condições sanitárias com redução considerável de prejuízos privados e públicos à jusante e a montante;

 

Ambiental:

  • Redução importante no consumo de água industrial;

  • Grande melhoria na qualidade das águas servidas, dispensadas com ótima qualidade, reduzindo o impacto e o custo público do tratamento de efluentes;

  • Benefícios ao manejo e políticas públicas de água para população e meio ambiente.